Fé e Caridade

A MARAVILHOSA VIRTUDE DA CARIDADE

A fé é um presente de Deus, o esteio que causa efeito prático na vida do fiel.

A fé nula, estéril, que não guarda correspondência com a vida prática não é um sinal verossímil da conversão, mas da própria negação a Cristo.

Com a fé nasce a capacidade e aptidão para as obras da bondade, justiça e a prática do Bem.

A prática não age contra a fé, posto que a fé é a única via de ligação harmônica entre as vontades Divina e humana, tornando possível a união do ser humano com Cristo, realizando a junção entre os desígnos de ambos.

A confissão extrínseca da fé é indispensável à salvação, não bastando a confissão intrínseca e abstrata que despreza a vontade prática.

Antes dos lábios confessarem Cristo, o coração já haverá de ter atingido a justiça sublime da redenção que nos infundiu o sacrifício vicário do Cordeiro de Deus.

Diz Santo Agostinho, que “a fé é a virtude de aderir aquilo que não vemos.” (ib. IV Orth. Fid., cap. XI)

Este não é o seu conceito, mas a sua natureza.

Aderir ao que não vemos, mas sabemos e temos como a verdade única e absoluta.

Não como verdade aparente, conveniente, temporária ou sensível, mas verdade que transcende ao próprio tempo, a qual deve ser concretamente manifestada pelo fiel.

A fé não pertence ao raciocínio cognitivo ou aos sentidos materiais, mas a espiritualidade transcendente.

A fé é dom sobrenatural.

A fidelidade e adesão obediente aos preceitos de Cristo, pela fé, não é um ato da vontade, mas da virtude, que pelo dom de Deus nos é transmito para que possamos conhecê-lo, amá-lo e nos ligarmos a Ele definitivamente.

Toda Palavra de Deus há de ser Viva, assim como toda fé está fadada a morrer na esterilidade das suas obras.

A Caridade surge como reação à Graça, guardando estrita correspondência com fé que nos toma por completo no espírito, na razão, vontade, e se realiza nas ações.

Só a Caridade nos torna membros do Corpo de Cristo para reconstrução de um novo modelo moral, espiritual, afetivo, individual e social.

A Caridade é a vida levada com fé.

“A Caridade, porém, cobre todos os delitos.” (Provérbios 10, 12)

“Dar-vos-ei um novo coração, e colocarei no meio de vós um novo espírito; tirarei o coração de pedra da vossa carne; dar-vos-ei um coração de carne, e colocarei o meu espírito no meio de vós; e FAREI QUE GUARDEIS OS MEUS MANDAMENTOS E OS PRATIQUEIS.” (Ezequiel 36, 26).

Só a verdadeira fé nos orienta a viver verdadeiramente o amor e o bem:

“O justo VIVERÁ pela FÉ.” (Hebreus 10. 38)

Por isso, pela FÉ os santos venceram o mundo com AÇÕES CONCRETAS.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s